Páginas

sábado, 3 de maio de 2008

Oficina de Contadores de Histórias






"Se quiser falar ao coração dos homens, há que se contar uma história. Dessas onde não faltem animais, ou deuses e muita fantasia. Porque é assim - suave e docemente - que se despertam consciências."
Jean de La Fontaine

Participar da Oficina de Contadores de Histórias, no Museu do Folclore, nos jardins do Museu da República e no Paço Imperial, orientada pelo contador de histórias e escritor Francisco Gregório Filho foi realizar um sonho antigo. Sempre assisti embevecida às suas palestras. Ele ainda não sabe, mas é um dos responsáveis pelo relato Minha casa conta histórias premiado pelo blog O Mundo Encantado de Cecília Meireles.
Durante a oficina recebi "suporte técnico, a partir de referências teóricas e bibliográficas, e prático, por meio de ambiências e vivências de narrativas pessoais e autorais". Quer saber? Ouvi, li e contei histórias, cantei, dancei, brinquei, conheci pessoas: educadores, estudantes e profissionais de diferentes áreas, com os quais compartilhei vivências pessoais, porque ele consegue tranformar qualquer espaço num ambiente acolhedor, onde rompemos o tempo presente e instituímos um tempo simbólico*, indispensável ao reconhecimento de nossas verdadeiras histórias**.
Generoso, presenteou-nos com um dos seus livros, Difícil Passagem, Editora Santa Clara, memórias de Chico, sua travessia com as pipas, porque, como disse Joseph Campbell, precisamos saber que tudo na vida é uma história.


Outros livros do autor:
Guardados no Coração, Editora Amais;
Lembranças Amorosas, Editora Global;
Grávidas Histórias, Ed. Amais
Dona Baratinha e Outras Histórias Ed. Rocco.

* Busatto, Cléo- A Arte de Contar Histórias
no Século XXI. Petrópolis: Vozes, 2006.
** Simpkinson, Charles e Anne. Histórias
Sagradas: uma exaltação do poder de
cura e transformação. Rio de Janeiro:
Rocco, 2005.

Oficina: de 3 a 31 de maio.
Informações: Setor Educativo, Paço Imperial.
Tel: (21) 2533-7762/2533-4407/2533-4491 ramal 250.
e-mail:educativo@pacoimperial.com.br

6 comentários:

Eliana Ribeiro disse...

Que lindo registro de uma oficina tão importante, que trago Guardada no Coração, pois foi ali, há seis anos, que minhas histórias começaram ...
beijokk.
Eliana

Débora Menezes disse...

Menina, morro de vontade de fazer uma oficina de contação de histórias, conhece quem o faz em São Paulo, para recomendar? Quanto aos desenhos do Animal Planet, que estão no blog http://educomverde.blogspot.com, infelizmente estão só em inglês... mas as imagens falam mais que mail palavras!

Jarbas disse...

Alô Fátima,

Você deixou comentário lá no Boteco Escola dizendo que um poema que publiquei é do Maiacovski,não do poeta amigo do Carlos Seabra. Gostaria de ter referência sobre sua afirmação. Abraço grande, Jarbas.

Fátima Campilho disse...

Jarbas,

Tudo esclarecido no seu Boteco Escola. Minhas desculpas a todos.
O poema No Caminho com Maiakóvski é de Eduardo Alves da Costa. A confusão já durava trinta anos e
"foi resolvida graças à novela das oito. Escrito nos anos 60 pelo poeta fluminense Eduardo Alves da Costa, 67, o poema "No Caminho, com Maiakóvski" era (quase) sempre creditado ao russo Vladimir Maiakóvski (1893-1930)."
Vale um post sobre o assunto!
Abraços.

Anônimo disse...

...bom dia, minha linda fessôra erudita...dificilmente venho aqui, mas quando venho, não tem como não saber melhor...ou seja, mais bem informada...você é linda! muahhhhhhh

Vivian disse...

..não assinei o comentário anterior...então mais muahassssssssss...

Related Posts with Thumbnails