Páginas

domingo, 21 de outubro de 2007

Bienal do Livro IV




O que falar de Daniel Munduruku? Tanto! Ele tem a sabedoria do povo Munduruku, razão pela qual conhece o verdadeiro sentido da palavra comunidade, e aquela adquirida na convivência com os problemas das grandes cidades. Mas isso é pouco porque Daniel é dessas pessoas que te observam calado e, num outro encontro, diz a palavra adequada. Foi assim comigo. Deve ter sido também com outros leitores, admiradores e freqüentadores de suas palestras.
Seus livros apontam caminhos para conhecê-lo.
Ficam aqui fragmentos literários e imagens do lançamento do livro O Olho Bom do Menino com aquarelas de Rubens Matuck para a Brinque-Book.




“É preciso ensinar as crianças a fecharem os olhos para as coisas e ajudá-las a abri-los para as pessoas.”
O Olho Bom do Menino – Brinque- Book




“ Coragem é a gente olhar para dentro de si mesmo e ser capaz de tomar as atitudes mais adequadas para viver bem.”
Catando Piolhos, Contando Histórias” - Brinque- Book

“ Sob os nossos pés está a mãe de todos nós, a terra, acolhedora. Sempre pronta, sempre mãe, sempre a nos lembrar que somos fios da teia.”
Parece que Foi Ontem - Global


“Você viu o rio, olhou para as águas? O que eles lhe ensinam? A paciência e a perseverança. Paciência de seguir o próprio caminho de forma constante, sem nunca apressar seu curso. Perseverança para ultrapassar todos os obstáculos que surgirem no caminho.”
Meu Avô Apolinário – Studio Nobel


“ Essa história faz lembrar-nos que é preciso saber conviver com o nosso destino e usar todo o nosso conhecimento para derrotar as armadilhas que a maldade prepara...”
As Serpentes que Roubaram a Noite e Outros Mitos – Peirópolis

“...eles não compreendem nem a si mesmos. Se eles fossem mais atentos veriam que os bons caminhos são aqueles que já se andou muito por cima.”
Um Estranho Sonho de Futuro – FTD

“E tocamos nossas vidas, olhando os relógios que marcam as horas de nossas vidas, e esquecemos de marcar nossas vidas no tempo”.
O Homem que Roubava Horas – Brinque-Book

Leiam esses e outros livros; acessem o site do escritor aqui.



4 comentários:

Jarbas disse...

Alô Fátima,
Como vê, não sumi da praça. Tanto que estou invadindo essa sua praia literária. E vai aqui um recado:
Continuo, lá no Aprendente, a dar corda em conversas sobre mudanças no ambiente informacional. No mais recente post tento provocar uma conversa sobre a tão decantada capacidade multissensorial de nossas crias. Se puder, apareça por lá e diga se é possível , simultaneamente, ler com proveito um bom livro, seguir o ritmo de um trash rock, ver MTV e estar atento para mensagens que pipocam na tela num papo virtual. Abraço, Jarbas

Márcia Sales disse...

Oi Fátima,
Estive me deliciando com seu blog e dicas!
ADOREI!
Voltarei sempre...
Abraçejos!

Débora Kikuti disse...

Oi Fátima, obrigada pela visita e pelo comentário.
Conheci o Daniel Munduruku por meio de uma amiga, a Rosário, aqui de Guarulhos. Também gosto muito do que ele escreve...
Muito bacana o seu blog!
Até mais ver.
Quatro ventos e muita sabedoria!!!

ana disse...

Parabéns!!!!!!!!!!! CAIU NA REDE! Um beijo.

Related Posts with Thumbnails