Páginas

domingo, 20 de maio de 2007

Ariano Suassuna

O Jornal do Brasil publica hoje entrevista com o escritor Ariano Suassuna. Sua melhor obra, O Romance d'A Pedra do Reino, está sendo adaptado para TV no formato minissérie pela Globo.
Alguns trechos:
"Não sou um defensor da cultura popular. Sou um defensor da cultura brasileira, inclusive da popular. Porque eu não defendo somente os artistas populares. Eu tenho uma admiração enorme pelo Aleijadinho, pelo Villa-Lobos, por Euclides da Cunha, e esses não são artistas populares. Acentuo mais a defesa da cultura popular por ela ser mais abandonada, menos defendida."

"É fácil perceber que existem elementos eruditos na cultura popular e elementos populares na cultura erudita. Pegue a obra de Cervantes, pegue a de Garcia Lorca. Há profunda influência da cultura popular espanhola em Dom Quixote e em O romanceiro gitano, de Lorca. O O romanceiro gitano é uma obra-prima da literatura universal e é fundamentado na poesia popular. Acho que isso é um jogo de influências com grande lucro para ambas."

"Eu me sinto um Dom Quixote sim, mas com muito orgulho, viu? Já fui chamado pejorativamente de "Dom Quixote arcaico", que vive a esgrimir contra os moinhos de vento da globalização (risos). Dom Quixote lutava contra os moinhos porque os via como gigantes. No meu caso, os moinhos de vento existem, sim, e são gigantes mesmo (risos). As pessoas me dizem: "Mas, Ariano, a globalização é um fato consumado!". É aí que assumo uma posição quixotesca. Não me conformo com um fato que considero ruim simplesmente porque está consumado. Enfrento a batalha. Mesmo sabendo que possa sair derrotado. Sei que a voz de um solitário escritor brasileiro não tem importância nenhuma. Mas estou fazendo o meu papel. Se nosso país estivesse pronto, eu até me aquietava. Mas não está, não."
Há outra entrevista publicada na revista Caros Amigos que merece ser lida.
De todas as minisséries apresentadas, só perdi Agosto, do romance de Rubem Fonseca. É sempre melhor ler a obra original para comparar o uso de linguagens tão diversas. Se não for possível, não vejo o menor problema em começar pelas adaptações para TV, cinema, teatro e mesmo para literatura infanto-juvenil como acontece com alguns clássicos da literatura universal. Como o escritor, não me conformo com fatos, nem idéias, consumados. Sou uma professora que continua lutando e acreditando que "se a Educação no Brasil estivesse resolvida, talvez eu me aquietasse, mas não está".

8 comentários:

Marli disse...

Querida Fátima!

Tive a oportunidade de assitir ao Ariano Suassuna em Passo Fundo, na Jornada Nacional de Literatura. Ele é uma paixão. Não dá pra piscar os olhos durante horas. Abração!

Maria Oliveira disse...

Cara Fátima,


Sou pernambucana e o escritor é o nosso atual Secretário de Cultura do estado. Sua atividade maior aqui, são aulas-espetáculo, um show à parte, um projeto pessoal, que atinge aos estudantes universitários. Tudo bem. Nada de novo no front. Bom seria se o nosso Ariano não ficasse nas suas aulas-espetáculo e caisse de corpo e alma nas salas de aulas das periferias, dos subúrbios e alagados. É lá a mina. É lá onde deve ser feita uma grande intervenção cultural. Não se pode perder tempo. Caso não queira ir pessoalmente, estimule projetos já que tem a Secretaria na mão.

Longa vida ao escritor! Sinto orgulho dele na literatura. Quanto aos outros setores que assume,falta-lhe amplidão.
Abração,

Emília Miranda disse...

Cara Fátima:
Obrigada pelo seu comentário no netescrita!
Que bom é saber que os nossos autores são conhecidos e divulgados aí, bem como os vossos o são aqui.
Um dos objectivos do site (Netescrit@) é dar a conhecer uns e outros.
Estaremos a contribuir para tal? Acreditamos que sim!
Um abraço,
Emília.

Prof. Andrea disse...

Ei Fátima! Fantástica a escolha de Ariano Suassuna para ilustrar seu blog. Pessoa realmente encantadora.
Quanto ao João Cidadão você só conseguirá comprá-lo pela Internet. Entre em contato com Fabrícia,secretária do escritor Tomáz Aquino, pelo email fabricia@mp.mg.gov.br .Ela poderá ajudá-la. Abraço
Andrea Toledo

Prof. Andrea disse...

Ei, Fátima eu de novo para responder questões que ficaram pendentes.
O Toondoo é gratuíto sim. Basta se cadastrar e usar a criatividade. Quanto às wikis eu ainda não fiz nenhum tutorial , pois, também estou iniciando, mas é bem possível que encontre na rede.

E você heim?!!!! É por aí mesmo! Podemos aprender informática mesmo sem os cursos. Veja neste o link http://professoraandrea.blogspot.com/2007/03/como-ns-professores-podemos-contribuir.html o que escrevei a respeito. Acho que você se encaixa em certas considerações.
Beijos
Andrea Toledo

Fátima disse...

Oi, Fátima:
Suassuna é demais, né?
Assisti uma entrevista dele esta semana, dizendo porque nunca precisou sair do Brasil.Ele explicou wue se deseja ir à Espanha, por exemplo, ele só precisa reler Dom Quixote.Achei o máximo.
Beijos

Mariana Massarani disse...

Oi Fátima!
Que peninha!
Eu sempre te respondo sim!
Cheguei no Salão umas 4:30!
Um beijão e tudo de bom!!!!

Carla Dawidman disse...

Olá,

Meu nome é Carla Dawidman e lancei um livro infantil (MINHOCAS PARA VENDER) no mês passado, aqui no Rio de Janeiro, e em Niterói, no
2º Salão do Livro.
No dia em que o Ariano esteve no Salão, para sua palestra, eu deixei o meu livro com a equipe dele, pois ainda não havia chegado.
Assim, se alguém souber o email de um contato dele, e puder saber se ele recebeu o meu livro, agradeço muito, de coração!
http://minhocasparavender.blogspot.com/
Um grande abraço e um ótimo ano a todos! Carla Dawidman
carla-escritora@bol.com.br

Related Posts with Thumbnails