Páginas

sexta-feira, 24 de novembro de 2006

Zumbi, um lutador

Zumbi dos Palmares pagou com sofrimento e morte o preço da liberdade. Resistiu o quanto pôde como tantos outros negros.
Quantas lutas ainda serão necessárias para que nosso povo se entenda mestiço, de corpo e alma?
Hoje reclamam das cotas como ontem do batuque. Só muda o objeto porque ainda falta muito para que o negro seja respeitado e nossa identidade cultural assumida. Até quando aquele que se considera branco vai continuar impondo o poder e oprimindo os marginalizados como os antigos colonizadores?
Precisamos nos libertar das correntes da hipocrisia e construir uma sociedade mais justa.

Fiquem com uma das letras essenciais que Chico Science nos deixou.

Etnia

Somos todos juntos uma miscigenação
E não podemos fugir da nossa etnia
Índios, brancos, negros e mestiços
Nada de errado em seus princípios
O seu e o meu são iguais
Corre nas veias sem parar
Costumes, é folclore é tradição
Capoeira que rasga o chão
Samba que sai da favela acabada
É hip hop na minha embolada

É o povo na arte
É arte no povo
E não o povo na arte
De quem faz arte com o povo

Por de trás de algo que se esconde
Há sempre uma grande mina de conhecimentos
e sentimentos

Não há mistérios em descobrir
O que você tem e o que gosta
Não há mistérios em descobrir
O que você é e o que você faz

Maracatu psicodélico
Capoeira da Pesada
Bumba meu rádio
Berimbau elétrico
Frevo, Samba e Cores
Cores unidas e alegria
Nada de errado em nossa etnia.

10 comentários:

rapha-eu disse...

estou eu aqui. raramente. denovo.
desculpe não aparecer tanto.
eu sempre tento. e sempre que posso.
consigo. viva zumbi!
todos os dias. sempre.
viva você!
e suas storias essencias.
viva a gente!
perdido no meio dessa big web.
tentando fazer o que preste.
e vamos que vamos.
abraços e não desista.
cada maluco é um exército.
seja um!

Lata Mágica disse...

Bem concordamos plenamente com o que vc descreve no texto sobre Zumbi. O que Chico se referia esta mais presente a cada dia, a luta é constante pois essa herança colonial massifica o negro de tal forma que até hoje são taxados pelo preconceito daqyeka época.

Um bom final de semana!

Willam & Odilene

Santa disse...

Linda postagem! Bjs

Vivian disse...

..oi linda!! saudades de vir aqui nesta casinha erudita onde a leitura é dinâmica e é claro que saimos mais ricos...
vc é linda!
adoro vê-la nos meus cantinhos..
muahhhhhhh

Martinha disse...

Oi Fátima querida, td em paz?
Sorry o sumiço desta amiga...muita preguiça, ou melhor, falta de vontade mesmo de navegar, entende? Uma daquelas épocas que a gente sente desmotivação com o PC rs.
Final de ano parece que piora isso, por causa da correria, o cansaço mesmo...
Mas enfim, cá estou para lhe deixar um carinho e curtir sua casinha, sempre trazendo reflexões e posts inteligentes. Gosto daqui. Gosto de você!!!
Obrigada pela visita e o carinho da amizade, linda...
Tentarei estar mais presente, ok?
Beijos, e aquele velho abraço de urso, querida!

Vivian disse...

...Êita!!! vamos atualizar esta casinha, owwwwwwwwww...hunfffffffffff
rsss
como vc deixa este cantinho erudito abandonado deste jeito, menina?
tô de olho nocê...
muahhhhhhhhhhh

Santa disse...

Fátima,
Passei para desejar uma boa semana. Bjs

Martinha disse...

Querida Fátima, td em paz, linda? Tô aqui pra ver se tinha cafezinho fresco...e num tinha owwwwwwww! Hunfff. Rs...mas é claro que aproveito para desejar a vc e sua família um Natal abençoado de paz e repleto de muitas alegrias. Saúde, paz e celebração da vida, em família! Forte abraço de urso procê. Te gosto, viu? Beijo grande, boas festas e um feliz 2007, querida! Obrigada por todo o carinho que trocamos durante este ano...fique com Deus!

Lata Mágica disse...

Fátima passa para desejar boas festas. Um feliz Natal e um ano Novo cheio de esperança, saúde e prosperidade são os votos dos amigos da Lata Mágica
Odilene & Willam.

Santa disse...

Fátima,

"Feliz Natal a quem acorda, todas as manhãs a criança adormecida em si e, moleque, sai pelas esquinas quebrando convenções que só obrigam a quem carece de convicção. E aos artífices da alegria que, no calor da dúvida, dão linha à manivela da fé.

Feliz Natal aos que ignoram o alfabeto da vingança e jamais pisam na armadilha do desamor, pois sabem que o ódio destrói primeiro quem odeia.

Feliz Natal a todos os que pulam corda com a linha do horizonte e riem à sobeja dos que apregoam o fim da História. E aos que suprimem a letra erre do verbo amar e se recusam a ser reféns do pessimismo.

Feliz Natal aos que repartem Deus em fatias de pão e convocam os famélicos à mesa feita com tábuas da justiça e coberta com toalha bordada de cumplicidades."

Feliz Natal,bjs

Related Posts with Thumbnails